OPEN Design Store
Produtos
Marca


 
 
 
QUEM SOMOS
 
 
A OPEN Design Store é a loja online da OPEN Feira de Design,
a maior feira de design independente e autoral do Sul do país.
 
Nosso Marketplace foi criado para ser um canal entre designers independentes e seu público, na impossibilidade de realizarmos os
eventos físicos durante a Pandemia. Aqui você encontra produtos de diversas marcas nacionais com foco no Design Independente,
ou seja, no empreendedor do design que toca sua marca sozinho, ou com uma equipe muito pequena fabricando manualmente, 
priorizando fornecedores locais, preocupado com sustentabilidade, entregando cada peça ao mundo com muito cuidado. 
 
Seja bem vindo, apoie os pequenos empreendedores deste país e nos ajude a compartilhar essa iniciativa!






O Amor pela Fotografia "Quem despertou em mim o amor pela fotografia foi minha tia-avó . Ela viajou pelo mundo inteiro e mostrava pra mim os álbuns de fotos com os registros que havia feito em suas aventuras. Os olhos dela brilhavam com as lembranças dos lugares onde ela esteve - lugares maravilhosos, fotos incríveis.", diz Renata Stoduto , fotógrafa e designer da nossa comunidade. Conexão através das lentes Com pai arquiteto e mãe apreciadora de arte e pintora, não faltaram boas influências para a Renata. Ela ama na fotografia as possibilidades de se relacionar com o mundo - ver o belo na realidade e cultivar a relação com o outro - tímida, consegue se conectar melhor através das lentes das câmeras. Série de Azulejos Decorativos O que ela fotografa na sua série de quadros decorativos " O Céu é uma Pintura" são recortes urbanos, que depois recebem interferências gráficas e são impressos em azulejos, logo após, enquadrados. Renata usa a fotografia como recurso para olhar as belezas do mundo . Parabéns para a Renata e a todos os fotógrafos da nossa rede, que nos ajudam a ver tudo sob uma ótica muito mais sensível! Veja mais sobre o trabalho da Renata na loja dela aqui na OPEN Design Store. Clique para ver: Renata Stoduto - quadros decorativos em azulejo
31/08/2021
Conhecer a trajetória dos designers e o processo de produção de suas peças artesanais faz parte da nossa essência. Com o desejo de compartilhar essas histórias de profundo afeto no fazer, a gente criou o projeto No Ateliê , que vai trazer para o nosso blog um pouco sobre a vida dos líderes criativos por trás das marcas que integram as diferentes plataformas da OPEN - Feira, Marketplace e Loja Física -, abordando também temas relevantes e contemporâneos ligados ao Design Independente.  Começamos a série hoje no ateliê da designer Kate Schneider , que capitaneia a marca Muta. Com o charme e a qualidade do feito a mão, Kate produz ela mesma peças de acabamento perfeito em tricot e crochet em variadas formas, cores e materiais, buscando sempre trazer toques de modernidade a essa atividade milenar da trama. Kate Schneider em seu ateliê As mãos e o coração por trás da Muta É assim que Kate se apresenta e descreve sua relação com sua marca, mostrando o caráter pessoal da produção. Ela conta que cresceu no interior do Rio Grande do Sul e que aprendeu a atividade com as mulheres da família:  " Nasci em uma família de mulheres muito fortes e generosas" , que lhe ensinaram tudo o que sabiam, assim também passando os conhecimentos sobre as agulhas e linhas. O nome da marca, inclusive, é uma homenagem à sua avó, pois "muta" é um termo informal para "vózinha" em Pomerano, dialeto alemão. Crochê é coisa de vó? Kate conta que durante muito tempo, o tricô e o crochet foram taxados de ultrapassados, coisa de velho, coisa de vó, o que para ela seria, na verdade, algo muito bom.  "Coisa de vó é coisa de afeto, de carinho, de aconchego, então na verdade a nossa tentativa é resgatar essas técnicas ancestrais, o crochet, tricot, as tramas, os fios e as agulhas e trazer um tanto de modernidade, com os materiais e as cores." Kate explora muitos materiais para sua criação, porém, destaca que tem um apego especial pelo fio de malha, um resíduo da indústria têxtil: "Através do Upcycling, a gente consegue transformar o que poderia ser lixo em artigos cheios de textura, de história, de aconchego para o lar das pessoas." Perguntamos também à Kate como é para ela o ato de tramar e quais as sensações que ela tem fazendo essa atividade: "O mundo anda cada vez mais acelerado e impessoal. Tricotar e crochetar e transformar fios em peças que vão morar na casa das pessoas e trazer aconchego para essas pessoas é muito especial, é um elemento para retomar essa conexão que aos poucos a gente foi perdendo com a correria da vida. E criar essas peças e levar elas até as casas das pessoas que eu conheço e das pessoas que eu não conheço, o que é mais mágico ainda, é um processo de recuperação desses laços de afeto que foram se perdendo ao longo do tempo". Para finalizar a entrevista, perguntamos à Kate qual sobre a relação da época de frio que estamos vivendo agora, o inverno, e a Muta: "Pra gente aqui do sul, tricotar e crochetar tem tudo a ver com o inverno. Não só pelas peças que são produzidas, as mantas, os cobertores, os blusões e os cachecóis, mas também porque é um momento de sofá, de ficar aconchegado no calorzinho, de ficar produzindo e se aquecendo com aquela peça que tá nascendo. E é por isso que essa época do ano é tão especial para a Muta, tanto pelo fazer, quanto pelas peças que ela gera, por que levar esse calor para a casa das pessoas, é muito legal." Quer ver os produtos da Muta? Acesse a página da marca no nosso site!
07/07/2021
Cadastre seu email - receba lançamentos e promoções
© Copyright 2021 | OPEN Design Store - Todos os direitos reservados
Nos chama no WhatsApp!